Testes em animais | A dura realidade!

11 setembro, 2018

My Bunny Land - Cruelty-Free Beauty Blog


Hey, Bunnies! 

Cá estou eu de novo, para vos falar das causas que me fizeram abolir todas as marcas de cosméticos, que não são cruelty-free! Como sabem, este blog já passou por imensaaasss fases e todas elas, foram o reflexo do meu crescimento enquanto pessoa. Se atualmente aboli todas as marcas que não são cruelty-free, no passado não foi bem assim. Como a grande maioria da população, também consumia imensos cosméticos de marcas mundialmente conhecidas, sem a mínima preocupação com o que estava por detrás daquele produto. Para mim bastava gostar e já me tornava fã, sem me preocupar com a consciência ética da sua produção. Egoísmo meu! Talvez falta de maturidade ou então desconhecimento total da realidade.

Atualmente, isso já não acontece. Confesso que foi um processo demorado. Primeiro comecei-me a aperceber gradualmente do que estava por detrás desta grande industria dos cosméticos e de quanto poder tinha o dinheiro. Depois apercebi-me que utilizar um simples batom não era assim tão simples quanto parecia. Aquele simples batom, resultou na tortura e sacrifício de um animal, que não teve poder de escolha. Para aquele produto vir parar à minha boca, um ser vivo precisou de ser sacrificado para que eu me sentisse bonita.
E foi aí que começou a dar-me o clique:
O valor daquele batom seria assim tão alto, comparado com a vida daqueles animais que foram torturados e massacrados durante os testes em laboratório?

Agora faço-vos a mesma pergunta. Seriam capazes de utilizar o mesmo batom, se vissem com os vossos olhos, um vídeo de como os animais são tratados nestes laboratórios?
Aviso: Conteúdo Violento

Aviso: Conteúdo Violento

Se antes estas cenas não me passavam pelo imaginário, imaginem o que senti quando me apercebi que financiava isto? Confesso que me senti horrorizada, revoltada e magoada por dar dinheiro a marcas que provocam ano após ano, a morte de mais de 500 mil animais em todo o mundo. Financiar esta crueldade bárbara, apenas por um batom que vai ficar na minha boca apenas umas horas? Está errado! Muito errado! Julgamo-nos superiores a outras espécies, só por sermos racionais. Mas onde está a racionalidade disto? Quem somos nós, para por em causa uma vida de um ser senciente, em nome de uma coisa tão fútil e tão passageira como a beleza! Não, para mim deixou de ser opção comprar estas marcas. 

Decidi boicotar tudo o que não é cruelty-free. E foi assim durante este ano que passou, que fui evoluindo como pessoa e aprendido que todos os seres, merecem dignidade e respeito e não são meros objetos para serem explorados por um industria que devia ser "bonita", mas que oculta coisas tão "cruéis e impensáveis" à maioria dos seus consumidores.
Mas a que são sujeitos os animais?

Os animais são sujeitos a uma grande variedade de testes para que a marca possa comprovar a segurança do produto para os humanos. Temos por exemplo o teste de Draize que consiste em aplicar  o produto diretamente nos olhos dos animais e avaliar a ação nociva dos ingredientes químicos encontrados no produto. Os animais mais utilizados neste tipo de experiências são os coelhos por serem um animal barato, dócil e com um olho grande. Depois de colocada a substância, são forcados a estarem com os olhos abertos com pinças metálicas por várias horas ou mesmo dias. Durante todo o processo o animal encontra-se encarcerado e a sentir dores horríveis. Muitos ficam cegos e acabam mesmo por morrer.

Outro teste muito utilizado nos coelhos, consiste em aplicar a substância na pele ferida e raspada do animal. Feridas estas, feitas com fita adesiva que é arrancada uma e outra vez, até o coelho ficar em carne viva. Este tipo de teste está muito associado a produtos como cremes hidratantes, perfumes e produtos capilares.

Mas não fica por aqui. Há outro teste chamado de LD 50 que deteta qual a quantidade de substância que matará a metade do grupo de animais, num tempo definido, se ingerida ou inalada. Os animais escolhidos, são maioritariamente os cães, macacos, coelhos, porcos e ratos. Durante todo o processo, os animais são forçados a ingerir o produto através de uma sonda. É de imaginar as dores angustiantes que sentem... Para além disso, muitos sofrem de convulsões, diarreia e até mesmo hemorragias oculares e da boca. No fim do teste, os raros animais que sobrevivem são sacrificados. Os produtos mais testados são os champôs, cremes de rosto, detergentes para a roupa, loções corporais, pasta de dentes, produtos de higiene doméstica, etc...

Agora digam-me, continuam indiferentes?

Acredito que a verdadeira realidade custe imenso de ver, pois todos nós gostamos de animais e faz parte do ser humano (ou devia) ter compaixão por este tipo de coisas. Ao inicio fiquei chocada, para não dizer pior. Senti que tinha de fazer o meu papel e pelo menos informar as pessoas desta realidade tão oculta no mundo da beleza feminina.

Se é mais fácil não ver os vídeos porque me faz confusão ou deixa-me incomodada? É! Mas como é que mudo as minhas escolhas, se não consigo encarar a realidade? Acho que a solução não passa por esquecer o assunto e na próxima vez que for às compras, comprar aquele batom magnifico que tanto queria e que se lixe se foi ou não testado. Passa sim, por encarar a realidade (sim, os animais são realmente torturados) e esforçar para fazer escolhas mais éticas no mundo dos cosméticos (o que posso fazer para evitar isso?)

Espero que vos tenha feito pensar um bocadinho nisto tudo e espero sinceramente que alguma de vocês (se não todas) queiram fazer parte desta comunidade livre de crueldade animal.
Quanto a mim, vou continuar por cá a partilhar beleza, produtos e histórias e tentar criar neste blog um cantinho para que possam tirar as vossas duvidas e inspirar-vos a mudar!

"One to change a few. A few to change many. Many to change the world. Starts with one"

9 comentários

  1. Mds, meus olhos encheram d'água de ver as imagens nos vídeos...

    - Conheça meu blog:
    http://meubaudeestrelas.blogspot.com/

    ResponderEliminar
  2. Que coisa horrível, não fazia ideia de que esses testes eram feitos assim. Isso deveria ser mais divulgado.
    https://unicorniopimposo.blogspot.com/

    ResponderEliminar
  3. Infelizmente é assim mesmo que funciona. Mas acredito que um dia, tudo isso mude

    ResponderEliminar
  4. me doi tanto saber que isso acontece, em pleno 2018 isso deveria ser extinto

    Beijos
    www.pimentadeacucar.com

    ResponderEliminar
  5. Oh meu deus, como é possivel em pleno 2018 as coisas ainda serem assim.
    Um post muito comovente, mas também muito importante e que deveria de ser muito mais divulgado.
    Beijinho *


    https://w-m-mind.blogs.sapo.pt/

    ResponderEliminar
  6. Que assunto incrível para ser tratado. Parabéns. Me corta o coração só imaginar a tortura que devem passar.

    www.yesloucasblog.wordpress.com

    ResponderEliminar
  7. Juro que não sabia que sofriam assim tanto porque eu nunca quis ver um vídeo e devia ter continuado a não ver porque agora vou dormir a pensar nessas imagens. Como já disse é algo que quero muito fazer, é deixar de usar marcas cruelty free, é um passo que demora mas não é impossível. Eu sabia que sofriam mas não daquela maneira. Só de pensar que podia ser a minha gata fico sem reação. Nenhum animal deveria sofrer assim para nos dar "beleza"!

    ResponderEliminar
  8. É uma tristeza!! Estamos já em 2018 e os animais continuam a ser tratados desta maneira!
    Beijinhos

    https://theannelove.blogspot.com/

    ResponderEliminar
  9. Eu vi os vídeos e comecei a chorar... agora vou ter mais em conta que produtos ando a utilizar. Isto é ridículo como os animais são tratados por causa de um estúpido produto de beleza, partiu-me o coração.

    ResponderEliminar

ATENÇÃO:
- Qualquer dúvida ou questão será respondida directamente no post! Clique em "notifique-me" abaixo do seu comentário para receber por e-mail a resposta dada.

Obrigada pela visita, pelo comentário e por todo o carinho!! ❤